Peixe com puré de duas batatas

Já tinha falado de como era difícil variar no peixe, no entanto, isso dá muito espaço à criatividade. E isso é bom! Muito bom.

E este post é sobre isso mesmo, criatividade na cozinha.

Tinha peixe a descongelar e não sabia o que fazer com ele, comecei a pensar que tinha uma batata doce perdida para aproveitar e as peças foram conjugando na minha cabeça: peixe, com puré de duas espécies de batata. Mas peixe como? Grelhado? Ao vapor? No forno? Nenhuma dessas opções me estava a encantar, até que me lembrei que podia fazer o peixe na frigideira com um molho de manteiga. E como tinha cajus achei que o elemento estaladiço ficaria muito bem, principalmente com a batata doce. Resultou melhor do que eu esperava.

Receita para 2 pessoas:

  • Puré de duas batatas:
  • 2 batatas doces
  • 2 batatas brancas
  • Água q.b.
  • sal q.b.
  • Uma noz de manteiga
  • 1 colher de sopa de leite sem lactose
  • noz-moscada q.b.

Deixar as batatas cozerem bem, retirar a água e com o esmagador de batatas esmagá-las um bocadinho. Juntar o leite, a manteiga e a noz moscada. Esmagar e misturartudo muito bem. Neste caso queria o puré mais grossinho, mas se o quiserem mais cremoso é só juntar mais um bocadinho de leite e manteiga.

 

Peixe com molho de manteiga, alho e hortelã:

  • 4 filetes de peixe
  • sal q.b.
  • pimenta preta q.b.
  • 2 folhas de manjericão fresco
  • 2 alhos esmagados com casca
  • 2 folhas de hortelã
  • azeite q.b.
  • manteiga q.b
  • cajus q.b.

Como o peixe estava congelado, dei-lhe uma entaladela em água a ferver. O que é capaz de ser uma boa opção, mesmo que ele já esteja descongelado. Nesse caso, deixem no máximo 1 minuto, o meu esteve 5minutos, para ficar tenrinho. Aquecer o azeite, a manteiga, o alho e as ervas, e deixar aquecer um bocadinho enquanto se tempera o peixe com pimenta e sal (até podem fazer este passo antes). Quando a manteiga estiver derretida, colocar o peixe  e os cajus na frigideira e deixá-los fritar. Deixem um dos lados mais tempo que o outro na frigideira para ganhar uma crosta. É importante ir mexendo os cajus de modo a que eles não queimem.

A minha opção foi colocar o puré por baixo e o peixe por cima. E depois deitar o molho que sobrou. Retirei as folhas que usei no forno e usei umas frescas das mesmas ervas, deram um toque de frescura ao prato. Mas se não são fãs deste sabor fresco, podem optar por não colocar as ervas frescas no final.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s